Warning: Table './db186965_naozero/watchdog' is marked as crashed and should be repaired query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, variables, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '%message in %file on line %line.', 'a:4:{s:6:\"%error\";s:7:\"warning\";s:8:\"%message\";s:40:\"Creating default object from empty value\";s:5:\"%file\";s:93:\"/nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc\";s:5:\"%line\";i:33;}', 3, '', 'http://naozero.com.br/taxonomy/term/19', '', '54.225.55.174', 1534746748) in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/includes/database.mysql.inc on line 135
cotidiano | Não Zero

cotidiano

warning: Creating default object from empty value in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

Sobre maçãs, cachorros e CEOs

Hoje de manhã passei na MacFix, uma revenda de produtos Apple. Desde a porta, tudo tem o encanto cool dessa marca. Meio galpão, meio nave espacial, esse é o ambiente da área de atendimento. Espaço livre, objetos geométricos, focos de luz e penumbra.

As três moças que recebem os pedidos atrás de Macs ultra modernos me lembraram personagens do Matrix ou Blade Runner, meio bonecas, meio robôs. Mas fora o cool previsível, esperado, uma coisa nessa loja é completamente surpreendente: um filhote magrelo e energético chamado Mel.

melPense diferente: para que deixar o seu cachorrinho de cinco meses no quintal uivando e atormentando os vizinhos? Traga-o para o trabalho para ele ficar solto, dentro da empresa, interagindo com os seus clientes!

O cachorro é de um dos diretores da revenda e segundo a atendente, ele faz o maior sucesso, principalmente nos dias em que o espaço fica lotado. Enquanto as pessoas esperam, ele distrai e quebra o gelo do ambiente.

Agora, só em uma empresa relacionada à marca Apple dá para se pensar num negócio desses. É totalmente "out of the box".

E falando na Apple, estive com dois CEOs nos últimos 15 dias. E sabe o que eles têm em comum? O MacBook Air. Também pelo tamanho, pela portabilidade. Mas o motivo principal é o impacto de se tirar uma máquina dessas na hora de uma apresentação. É o efeito surpresa. Quebra o gelo, as pessoas chegam pra ver e logo eles já têm um clima de mais informalidade para conduzir suas reuniões.

Isso tem tudo a ver com o que o Scoble escreveu sobre cartões de visita: eles são principalmente começadores de conversas. Aliás, a mesma função do IPhone, mas esse já virou carne de vaca, pricipalmente entre publicitários. Até o faxineiro das agências deve ter o seu. ;-)




Para que serve um cartão de visitas e como melhorar o seu

Cartão ScobleEncontrei esta imagem no Flickr - aqui. Dizia que era o cartão de visitas do blogueiro Robert Scoble. Gato escaldado, achei prudente duvidar que fosse autêntico. Mas é.

Scoble fala sobre ele em um post sobre as virtudes de um bom cartão de visitas, esse item essencial de empreendedores e executivos.

Para Scobler, mais do que conter dados, o cartão deve fazer a pessoa que recebe se lembrar quem você é. Outra característica dos melhores é começar conversas.

Para a pessoa lembrar quem você é, faz sentido que vocês interajam, e o cartão é uma boa desculpa para isso acontecer.




Que semaninha, hein...

Uma nota rápida para dizer que esta semana foi uma das mais corridas da minha vida e que por isso não deu para publicar nada por aqui. Mas certamente muitas coisas que acontecerem renderão posts no futuro próximo. Saudações!




Não-zero entre vendedores das lojas de celular

Passamos várias horas do domingo andando de carro pela cidade. Isso porque eu não consegui, após ligar várias vezes para o SAC da minha operadora, saber onde ficam as lojas da própria operadora e o horário de funcionamento. Será que eu são tão poucas pessoas que precisam dessa informação? Também tive dificuldade para achar isso no site. Resultado: peregrinamos por São Paulo. Passamos por três shopping centers e quatro bairros até encontrar. Mas valeu. Dois casos merecem registro.




Syndicate content