Warning: Table './db186965_naozero/watchdog' is marked as crashed and should be repaired query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, variables, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '%message in %file on line %line.', 'a:4:{s:6:\"%error\";s:7:\"warning\";s:8:\"%message\";s:40:\"Creating default object from empty value\";s:5:\"%file\";s:93:\"/nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc\";s:5:\"%line\";i:33;}', 3, '', 'http://naozero.com.br/taxonomy/term/373', '', '54.81.183.183', 1527225042) in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/includes/database.mysql.inc on line 135
clay shirky | Não Zero

clay shirky

warning: Creating default object from empty value in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

A narrativa a partir da qual os "apóstolos" da internet pregam sobre as novas mídias

Clay Shirky é um orador notável, mas quero chamar atenção para outro aspecto desta palestra, registrada recentemente no TED Edimburgo - veja no fim desta página.

Vamos esquecer sobre o que ele está falando e vamos pensar na história que ele está contando. Vamos pensar na narrativa.

Vou tentar resumir: A Ciência confiou aos homens uma revelação. Uma vanguarda de heróis (programadores) e também pessoas de outros círculos estão levando essa "boa nova", por palavras e atos, pelo mundo a fora. Só que essa boa nova não interessa os ricos & poderosos (governos, empresários e reacionários em geral). Mas isso não importa porque a força de convencimento da boa nova, a verdade que ela contém, indica que é uma questão de tempo até essa verdade se espalhar pelo mundo, a despeito dos R&P, e a paz e a luz prevaleçam sobre a discórdia e as trevas.

Eu tenho a impressão de que toda a idéia sobre essa tecnologia - sobre a internet - é contada por esses gurus dessa forma ou de uma forma semelhante a essa. É uma narrativa ultra convincente - é a história principal da Bíblia cristã - que vende uma promossa de redenção. E que tem uma ligação com o pensamento liberal político representado pelo estado da Califórnia: o estado é inimigo das pessoas, impostos servem apenas para alimentar corruptos no poder, algo nessa linha.

Ou não.

Comentários



Clay Shirky e o valor das coisas sem valor

Here ComesAcabei de viver uma maratona Clay Shirky. Li o Here Comes Everybody, tive dificuldades para organizar as informações e os argumentos do livro, e fui assistir as palestras dele disponíveis em video pela Web para ver como ele organiza o que vai falar quando tem menos de uma hora para isso.

Devo falar muito dele por aqui nas próximas semanas. É uma leitura que provocou desconfortos. E é justamente isso que eu busco. É legal o livro com o espírito auto-ajuda que dá conforto, mas é melhor ainda aquele que desorganiza.

O dilema central do Shirky - filtrado pelas minha lentes - é que a Rede reduz a quase nada o custo de coordenação para ações de grande porte, que geralmente precisariam de instituições para acontecer, mas que não aconteciam até agora porque não tinham valor comercial.

Como eu estava comentando por aqui na Campus Party, existem coisas sem valor (comercial) que valem muito, tem valor imponderável.

Shirky fala de como as empresas acabam tendo postura conservadora, uma mentalidade conservadora. Na perspectiva de maximizar resultados, abre mão de valor.

Ele explica que a idéia da média (produtividade média, usuário médio) não faz sentido em ambientes sociais porque não existe média. Existe uma colméia, cada um desempenhando suas funções segundo capacidade e disponibilidade.

Se você observar o nível de participação na concepção e desenvolvimento de um artigo na Wikipedia, por exemplo, tem pessoas que participam demais, têm produtividade altíssima, mais de cem edições. Mas frequentemente essas edições correspondem a correção gramatical, melhora do texto. Já o fulano que faz uma participação, muitas vezes contribui com porções de conhecimento original que fazem a diferença no artigo.

Como avaliar quem é mais importante?

Esse é o nó que, segundo ele, a Microsoft, segundo o exemplo que ele dá, não consegue resolver, porque não concebe que uma pessoa seja paga durante meses para contribuir com uma idéia. Mas e se essa for A Idéia?, ele pergunta.

Enfim, essa é uma prévia dessa vivência com as idéias do Shirky. Vamos ver se consigo compartilhar aqui na Campus Party a apresentação que montei. É sempre bom trocar idéias.

Comentários



Syndicate content