Warning: Table './db186965_naozero/watchdog' is marked as crashed and should be repaired query: INSERT INTO watchdog (uid, type, message, variables, severity, link, location, referer, hostname, timestamp) VALUES (0, 'php', '%message in %file on line %line.', 'a:4:{s:6:\"%error\";s:7:\"warning\";s:8:\"%message\";s:40:\"Creating default object from empty value\";s:5:\"%file\";s:93:\"/nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc\";s:5:\"%line\";i:33;}', 3, '', 'http://naozero.com.br/taxonomy/term/783', '', '54.81.183.183', 1527224901) in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/includes/database.mysql.inc on line 135
learning | Não Zero

learning

warning: Creating default object from empty value in /nfs/c06/h05/mnt/186965/domains/naozero.com.br/git/public/modules/taxonomy/taxonomy.pages.inc on line 33.

Aprendizado; como as pessoas aprendem sem professores e escolas; o que a internet tem a ver com isso

Aprendizagem é um assunto que me interessa, especialmente relacionado à participação em redes. Como nós aprendemos em ambientes não-estruturados, ou seja, sem professores e sem escolas. Por uma certa coincidência, acumulei neste último mês um certo volume de conteúdo sobre assuntos relacionados a esse e fez sentido montar um postzinho juntando isso tudo. Infelizmente o conteúdo está todo em inglês.

Este vídeo animado dá o sentido do argumento: o que há de errado com a educação como ela existe hoje.

Mike Wesch é um dos meus idolos hoje. Pra começar, ele é antropólogo e conseguiu "hackear" criticamente a cabeça de muitas pessoas a partir de suas reflexões sobre novas mídias. Neste vídeo ele argumenta sobre a importância de o aprendizado estar associado à prática do conhecimento.

Jean Lave é a antropóloga que aparentemente mais contribuiu para o entendimento da prática do aprendizado. Estas duas palestras recentes ajudam a gente a pensar e a entender como tantas pessoas aprendem usando a internet apesar da ausência de ambientes estruturados de ensino. Isso vale para inúmeras circunstâncias, inclusive, por exemplo, o aprendizado sobre a participação no universo dos vlogueiros, que é um dos temas deste meu estudo.

Este projeto ilustra a reflexão da professora Lave indicando como crianças de uma favela na Índia aprenderam a usar um computador sem saber inglês e sem ter nunca mexido nesse tipo de máquina antes.

A mesma ideia aparece neste projeto piloto do Reino Unido, que é inspirado nas oficinas medievais. O problema que pôs em movimento esta ideia foi o fato de uma parte significante dos estudantes britânicos não enxergarem valor na educação oferecida nas escolas ao mesmo tempo em que o mercado reclamava da falta de qualificaçao da mão de obra que estava saindo das escolas. A solução está mostrando a possibilidade de transformar os alunos mais problemáticos em empreendedores em busca do conhecimento que eles precisam para realizar seus projetos.

Depois desta série mais teórica sobre aprendizado, reuni a seguir outras referências de experimentos no âmbito da educação relacionado à internet. Aqui, o experimento de aproveitar estudantes de uma escola para ensinar sobre tecnologia para professores.

Este vídeo de 20 minutos apresenta o case do projeto Coursera, uma solução de e-learning que oferece uma plataforma para solução de problemas e avaliação junto com aulas dos melhores cursos universitários do mundo. "De grátis".

Este slideshow publicado na Mashable traz sete alternativas para quem quer ser um autodidata e apresenter o que for de seu interesse usando a internet. Entre as alternativas apresentadas estão Codacademy, Khan Academy e o MIT Open CourseWare.

Comentários



Syndicate content